25 de julho de 2011

As árvores situadas na Rua 07 de setembro,em frente à Fundação Oswaldo Bertazoni, estão precisando de cuidados. Por Rivaldo R.Ribeiro

Eu sempre tive por opção em publicar nos meus blogs artigos sobre meio ambiente e natureza de outros sites que dão essa autorizao de reproduzi-los, ou escrever sobre o problema ambiental no mundo, incluindo ai as queimadas nos canaviais que de forma contundente influi no clima por causa dos gases que essas queimadas acumulam na atmosfera, contribuindo para o aquecimento global.

Mas à medida que meu site foi se tornando conhecido por aqui, alguns amigos me indagavam porque não escrever sobre José Bonifacio? Porque aqui também havia muitas agressões ao meio ambiente e na natureza. Faltava e falta muita conscientização sobre as causas ambientais.

Assim sendo, já há algum tempo um amigo vem me falando sobre as arvores situadas a Rua 7 de setembro, em frente à Fundação de Ensino Oswaldo Bertazoni.

Hoje 24/07/2011 eu fui lá ver de perto, fiquei desolado pelo que vi.

Se não forem recuperadas com urgência logo estarão condenadas, por causa do maltrato nas podas, troncos corroídos aparentemente por cupins. Conforme demonstra as fotos abaixo.

Eu sou contra o reflorestamento no estágio climático que estamos vivendo, porque muitas espécies levam cerca de 20 a 30 anos para chegarem ao tamanho equivalente a sua espécie. Para que não haja um mal entendido esclareço que devemos sim, plantar novas arvores, novas florestas, mas não acredito no reflorestamento pois se trata da reposição de uma area devastada e já modificada por essa agressão.
Assim o clima ira permitir que elas desenvolvam normalmente?
Não poderiam atrofiar por falta de adaptação ao novo clima?

Dessa forma precisamos preservar e não destruir com a promessa do reflorestamento, proteger as espécies que já estão crescidas para tentar frear o aquecimento global e a mudança drástica do clima.

Mas parece que isso não é o que acontece tanto por aqui como lá na Amazônia, as empresas predadoras destroem com promessa do reflorestamento. Dará certo? A natureza é soberana, ela não aceita que o homem interfere na sua ordem natural, pois se assim continuar todo o ecossistema irá desmoronar como um castelo de cartas...

As arvores vistas de longe parecem saudáveis, mas de perto:
Clique sobre as fotos para ve-las no tamanho real.












Veja entre os galhos ninhos de cupins:




Postar um comentário