12 de abril de 2012

Empreiteiras do aborto instrumentalizam senadoras




Nós brasileiros aceitamos  em demasia as influências externas, se o ABORTO  é praticado em outros paises, logo  pensamos  porque não aqui? Aceitamos com facilidade as "modas" vindas de fora.
Somos uma nação independente e como tal temos que agir em todos os campos, no social, nas artes. Até na forma de nos alimentar temos nossas diferenças. Então porque acompanhar com tanto empenho um tema hediondo como ABORTO.

Nesse vídeo, uma mulher(Renata) faz um protesto com bastante propriedade: Precisamos olhar para a mulher brasileira, a mulher mãe e trabalhadora.

Mulher e mãe, dois nomes lindos e nobres que estão tentando jogar no lixo,sem considerar que são as mulheres as gestoras da vida, desde o nascimento e por toda vida de seus filhos.
Qual a mãe não acompanha seu filho(a) até a idade adulta, dando conselhos e diretrizes para suas vidas?
Dessa forma a tentativa de legalização do ABORTO é um desrespeito a verdadeira MÃE, ela que representa para todos nós o amor do ser humano, o acolhimento do ninho maternal.

Postar um comentário