6 de setembro de 2017

APELO A GRANDE MÍDIA E AOS MÉDICOS SOBRE SÍNDROME PÓS PÓLIO.

APELO A GRANDE MÍDIA E AOS MÉDICOS QUE AMAM SUA PROFISSÃO NO SENTIDO DE PROMOVER ALIVIO AOS QUE SOFREM DE ALGUMA ENFERMIDADE E QUE NÃO ENCAREM A MEDICINA COMO APENAS MAIS UMA PROFISSÃO QUALQUER E ESTÁTICA.



"Está chegando o nosso grande dia, vamos rezar e orar para que a grande mídia dê cobertura para que a classe médica tome conhecimento da Síndrome Pós Pólio, pois é muito difícil como pacientes perguntar ao médico se ele conhece a SPP e ele com aquela fisionomia soberana por vezes arrogantes de que sabe tudo dizer que não, de forma que nos leva a crer que estamos falando tolices a ponto de nos sentimos encolhidos diante dos nossos direitos como pacientes."

As consequência de quem teve pólio tem que ser levada a sério, pois traz sofrimento e angustia, e já foi reconhecida pelo CID 10 com código CID G-14.

"Lembramos que a medicina é uma ciência em constância evolução e descobertas, que seus profissionais não pode parar no tempo na época da sua formatura como se seu diploma desse a eles toda autoridade e sabedoria infinita, porque não é dessa forma que acontece, o aprendizado em medicina para quem pretende um ser bom médico é evolutivo e não termina. "

Existe publicado desde o ano 2008 no site da Secretaria da Saúde de São Paulo no link PROFISSIONAIS DE SAÚDE uma cartilha sobre a Síndrome pós Pólio e outro do MINISTÉRIO DA SAÚDE, mas falta de curiosidade dos senhores doutores e dos gestores de Saúde de sempre dar uma olhada num site que lhes dizem respeito:

http://www.saude.sp.gov.br/resources/ses/perfil/profissional-da-saude/homepage//sindrome_pos_poliomielite_.pdf

http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/diretrizes_reabilitacao_sindrome_pos_poliomielite_co_morbidades.pdf




Postar um comentário